terça-feira, 21 de março de 2017

Dia Mundial da Árvore e da Poesia







Quando Vier a Primavera

Quando vier a Primavera,
Se eu já estiver morto,
As flores florirão da mesma maneira
E as árvores não serão menos verdes que na Primavera passada.
A realidade não precisa de mim.

Sinto uma alegria enorme
Ao pensar que a minha morte não tem importância nenhuma

Se soubesse que amanhã morria
E a Primavera era depois de amanhã,
Morreria contente, porque ela era depois de amanhã.
Se esse é o seu tempo, quando havia ela de vir senão no seu tempo?
Gosto que tudo seja real e que tudo esteja certo;
E gosto porque assim seria, mesmo que eu não gostasse.
Por isso, se morrer agora, morro contente,
Porque tudo é real e tudo está certo.

Podem rezar latim sobre o meu caixão, se quiserem.
Se quiserem, podem dançar e cantar à roda dele.
Não tenho preferências para quando já não puder ter preferências.
O que for, quando for, é que será o que é.

Alberto Caeiro, in "Poemas Inconjuntos"
Heterónimo de Fernando Pessoa 

quarta-feira, 8 de março de 2017

Copo Menstrual









Já há algum tempo que queria partilhar este tema que para mim é uma opção que faz toda a diferença na minha vida e como em Portugal ainda é um tema pouco conhecido, fica aqui a partilha.


O copo menstrual é uma alternativa simples, prática, higiénica e económica aos absorventes. Trata-se de uma taça feita em TPE (Elastómero Termoplástico), o mesmo material utilizados nas tetinas dos biberões dos bebés, em cateteres e implantes médicos, e que colecta o sangue menstrual. Tem um prazo de validade muito alargado, o que o torna reutilizável. O copo menstrual é inserido no canal vaginal, tal como um absorvente interno (tampão). Uma vez dentro do corpo, retoma a sua forma original ajustando-se perfeitamente ao canal vaginal formando um vácuo que impede qualquer vazamento. Para o remover, basta puxar a pega devagar ou apertar a base para quebrar o vácuo. Assim, o copo é retirado com toda a facilidade podendo ser esvaziado na sanita, lavado e novamente inserido. Um copo menstrual pode ser usado por até 12h, evitando o incómodo de mudar de absorventes várias vezes ao dia.
Os primeiros copos menstruais surgiram na década de 30 e hoje são produzidos em diversas partes do mundo como o Canadá, Finlândia, República Checa, África do Sul, Estados Unidos, China, Alemanha, França, Índia e Inglaterra, com autorização e aprovação das agências de segurança alimentar e médica.
Segurança e ética Não possui aditivos químicos (lixívia), ao contrário do que acontece com os absorventes e que podem causar alergias e irritação. Como o sangue se mantém em vácuo, não oxida, e não se verifica a proliferação de bactérias e fungos, evitando a síndrome do choque tóxico e outras infecções, directamente associados ao uso dos absorventes tradicionais. Rigorosamente testado, mas não em animais.
Conforto Os copos menstruais foram desenvolvidos por ginecologistas para se adaptarem perfeitamente à anatomia feminina, vedando completamente o canal vaginal, evitando dessa forma fugas de sangue. Fabricado de um material altamente maleável e confortável, possibilita o seu uso na prática de todo o exercício físico, na praia e durante a noite. Por não ser absorvente, mantém a humidade e a protecção natural da vagina e não alterando o seu PH natural.
Diminuição de resíduos Segundo especialistas o tempo máximo de uso de absorventes não deve ser superior a 4h, na medida em que, partir daí, o ambiente vaginal torna-se propício à proliferação de fungos e bactérias, provocando desta forma, as infecções. Assim sendo, serão consumidos cerca de 30 absorventes por mês, 360 por ano e 3600 em dez anos dependendo da intensidade do fluxo.
Economia O preço de um pacote de absorventes pode não parecer significativo, mas vários anos de uso frequente gera um gasto imenso. Estima-se que mensalmente cada mulher gaste em absorventes (pensos e tampões) cerca de 7,50 euros. Assim sendo, o uso de um único copo menstrual fica pago em três ou quatro meses de utilização, e dura anos, se devidamente manuseado!
Preço O preço de cada copo menstrual varia entre os 21€ e os 24€ euros. Existem pelo menos duas marcas no mercado português  LUNETTE e MELUNA.
Para comprar on-line  http://www.lunette.pt/ ou http://www.meluna.pt/ .
Nos restantes locais de venda Well’s do Continente, Corte Inglés e nas farmácia.
Tamanho O copo existe em vários tamanho dependendo do peso, altura e se teve ou não partos vaginais. Para sabermos qual o tamanho ideal em ambos os sites tem essa informação.
Informação e imagens retirados do site http://www.lunette.pt/

Dia Internacional da Mulher

Hoje comemora-se o Dia da Mulher um dia que serve de desculpa para reivindicarmos, refletirmos, comemorarmos esta “coisa” boa, extraordinária de Ser Mulher. Só para relembrar que ainda existe muito para conquistar nos restantes dias do ano!
Obrigada a todos os homens e mulheres que contribuíram e contribuem para a igualdade de direitos, deveres, oportunidades, divisões de tarefas, cargos, remunerações e respeito às diferenças. Porque nem homens nem mulheres são todos iguais as diferenças são bem-vindas e aceites, mas a desigualdade NUNCA


Deixo-vos o blog Destino Mulher é uma partilha generosa de ideias, reflexões, mensagens, especialmente para mulheres, da Tereza Lamy um presente para o dia de hoje e sempre que o desejarem.

http://destinoomulher.blogspot.pt/ de leitura obrigatória. ;)


quinta-feira, 2 de março de 2017

Dedos bailarinos!

Hoje na aula de EPÁ! Educação pela Arte a música não esteve na ponta dos pés, esteve na ponta dos dedos! Mãos dançantes, mãos bailarinas, mãos cheias de ritmo, mãos felizes!
Mãozinhas de meninos do Pré-escolar que dançaram e dançaram e dançaram...







sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

Workshop de Ilustração
































Neste workshop os participantes irão explorar várias técnicas de ilustração. Pretende-se que os participantes adquiram conhecimento e competências para o desenvolvimento de uma linguagem visual própria.

O workshop é dinamizado pela designer de comunicação e ilustradora Tânia Clímaco

6 sessões sábados: 25 de fevereiro a 1 de Abril de 2017, das 15h às 17h.


25 de fevereiro | Objeto personagem
4 de Março | Desenhar com tesouras
11 de Março | Carimbos, desconstrução da imagem
18 de Março | Casamento entre Ilustração e Fotografia
25 de Março | Mancha
1 de Abril | Pop-Ups

Publico-alvo Adultos

Local Atelier de Desenho e Pintura da Associação ESTUFA - Plataforma Cultural (Largo Dr. Justino Freire nº7, em Torres Vedras)

Inscrições servico.educativo@estufa.pt ou 936 408 775


www.estufa.pt
As inscrições têm de ser confirmadas até dia 23 de fevereiro para o e-mail servico.educativo@estufa.pt ou presencialmente na Associação ESTUFA.